Software Livre: Definição

Deixe um comentário

Software Livre é o conceito de produção e distribuição de software, criado por Richard Stallman na década de 80, com o intuito do livre compartilhamento de conhecimento. Sem restrições de copias e distribuições, dando assim a possibilidade de se estudar e adequar o software as suas necessidades.

Software livre é um programa de computador  como qualquer outro, mas com a diferença que pode ser usado, alterado e estudado diferenciando dos softwares proprietários, e o código fonte aberto é um pré – requisito para isso, pois é através dele que as modificações são feitas.

Um software é considerado como livre quando atende aos quatro tipos de liberdade para os usuários do software definidas pela Free Software Foundation:

  • A liberdade de executar o programa, para qualquer propósito;
  • A liberdade de estudar como o programa funciona e adaptá-lo para as suas necessidades. O acesso ao código-fonte é um pré-requisito para esta liberdade;
  • A liberdade de redistribuir cópias de modo que você possa ajudar ao seu próximo;
  • A liberdade de aperfeiçoar o programa, e liberar os seus aperfeiçoamentos, de modo que toda a comunidade se beneficie deles. O acesso ao código-fonte é um pré-requisito para esta liberdade.

Sendo assim um software livre não é obrigatoriamente gratuito, mesmo que em sua grande maioria seja com custo e aquisição zero, o desenvolvedor tem a liberdade de cobrar pelo seu trabalho desde que disponibilize o código fonte para o seu cliente. A ideologia do software livre não é contra a sua comercialização, mas sim voltada para o aprimoramento da tecnologia e como seu objetivo a ajuda mutua, esse é o principio básico com a livre divulgação do código fonte o software pode ser estudado e melhorado por qualquer pessoa que tenha conhecimento para tal. E respeitando a autoria e a  licença vigente no software.

Como sua grande maioria é gratuita os desenvolvedores utilizam-se de softwares livres pra reduzir custo e adequar as suas necessidades, podendo em seguida cobrar por serviços de suporte do software, essa é outra vantagem apontada na utilização de software livre. Com eles você pode fazer outros softwares sem pagar pelas licenças como é comum nos softwares proprietários e sem correr o risco da licença vencer.

E a Free Software Foundation, fundação para o software livre, fundada em 1985 se dedica aos aspectos legais e a divulgação desses princípios e do aperfeiçoamento da terminologia software livre.

Processamento paralelo com threads

Deixe um comentário

O motor do luawar consiste em processamento paralelo usando threads ( especificamente pThread) o qual não cria outro processo apenas faz o sincronismo em um mesmo processo. Este recurso é em alguns casos melhores do que utilizar outros processos pois o tempo de criacão (overhead)  é extremamente mais rápido pois compartilha o mesmo contexto de hardware e software do processo.  Para tornar nosso motor mais independente, rápido (sistema de renderizacão de vídeo) e mais controlável, utilizamos este recurso que até agora não ocorreu nenhum problema, pelo contrário tornou nossa aplicacão mais fácil de manipular, pois ficou bem dividido as partes do projeto em: Controlador de Eventos, Renderizador, Gerenciador de regras( RulesGame, que é a parte principal do motor),  IA ( a ser implementado).

o pThread permite que portamos nosso código para diversas plataformas sem precisar de alterar o código. mais tarde colocarei o diagrama de classes que detalhará todas as classes e permitirá visualisar a amplitude dos threads.

exemplo gráfico:

threads

até +;

Firefox 3.5 Lancado

1 Comentário

através da onda de choque, eu venho anunciar a nova versão do melhor navegador do mundo
Firefox 3.5.

História dos jogos e videogames

Deixe um comentário

Pessoal esse é um dos primeiros post sobre a história dos jogos eletrônicos e dos videogames aproveitem 😉

Editor de Mapas

Deixe um comentário

o projeto é composto por vários editores, dentre eles o Editor de Mapas, o qual está na versão 0.1 beta e possui recursos para salvar, abrir, editar mapas com tilesets e carregar tilesets definido pelo usuário.

Alguns recursos que faltam é:

  • Start Point do personagem;
  • Suporte a joystick (funciona apenas scrolling)

aqui vai uma screenshot dele:

LuaWar4

Enredo do Jogo

2 Comentários

LuaWar

Ano 2111 o dia que o sol se escureceu, pois estava travada uma guerra entre o Sol e a Lua. E os que dormiam de dia acordaram pra batalha final.

Depois de muitas eras, uma civilização mágica chamada Império da Lua, consegue fugir da prisão no interior da terra e resolve encobrir o céu para poder dominar o mundo, para isso busca alianças com outras civilizações mágicas como os Lobisomens e os Dragões.

Os Guardiões do Sol é a civilização mágica incumbida de manter o Império da Lua aprisionado no interior da Terra, que também habitava o interior da Terra. Com o fracasso em manter seus rivais aprisionados eles então partem em busca de alianças com os humanos, com os Elementais, e possivelmente os Dragões para impedir a escuridão.

Objetivo:

Conquistar apoio das outras civilizações para vencer a guerra.

Fases:

Pela Lua: O Império da Lua vai até a floresta Negra, chefiados pelo Mago Negro Tago, para conseguir apoio com os Lobisomens. No meio do caminho enfrentam alguns Guardiões do Sol e Lobisomens antes de chegar à sede da civilização e firmar o acordo.

Pelo Sol: Os Guardiões do Sol, comandados pelo Mago Briel tem que conseguir fugir do interior da Terra, logo em seguida enfrentar os Lobisomens e o Império da Lua antes de chegar aos humanos.

Entre o Sol e a Lua: Desfecho final. O Tenente Alan, que é meio humano e meio robô numa lutar tem que chegar até a sede da dos Lobisomens e derrotar o mago Tago (do Império da Lua) e o Lorde Do-Tar (dos Lobisomens), no caminho enfrentado vários lobisomens e Imperiais.

Civilizações:

Império da Lua: Uma civilização mágica que a muito foi trancada no interior da Terra, pois pretendiam encobrir o Sol já que retiram seus poderes da Lua. Descrição: são brancos devido à falta de exposição do Sol.

Guardiões do Sol: A civilização mágica que foi incumbida que manter o Império da Lua aprisionado e para isso se trancaram junto no interior da Terra. Descrição: são brancos devido à falta de exposição do Sol.

Humanos: Época 2111.

Lobisomens: Vivem entre as florestas e dependem da Lua. Tem um acordo entre os Elementais.

Elementais: Árvores vivas, ogros e ogros de pedras, até o momento se mantêm neutros na guerra, mas como dependem do Sol podem entrar na guerra.

Dragões: Se mantêm isolados nas montanhas.

Personagens:

Thago: Imperial da Lua, mago negro lutará na fase Pela a Lua, mais adiante pode firmar um acordo com os dragões.

Briel: Guardião do Sol, Mago Solar, lutará na fase Pelo o Sol contra os Imperiais e Lobisomens até chegar à civilização, mais adiante podem firmar um acordo com os elementais.

Tenente Alan: Humano meio robô lutará na batalha final contra Tago e Lorde To-Dar.

O que é LuaWAR?

1 Comentário

Olá pessoal, bom, para quem ainda não sabe a respeito do projeto e também para podermos documentar melhor nosso projeto, vou descrever sobre o LuaWAR.

LuaWAR é um projeto de jogo 2d de plataforma desenvolvido utilizando a linguagem C++ e a biblioteca de mídia SDL, os quais são nossos parceiros… o objetivo principal do jogo é ser um jogo Open Source, Livre, podendo rodar em diversas plataformas, e principalmente ser um jogo Single Player nas plataformas livres, visto que sobe estas plataformas só encontramos jogos multiplayer.

este projeto esta sendo desenvolvido por:

Alan de Oliveira Silva – habeas_corpse@yahoo.com.br

Gabril Vedana Queiroz – gabielvq@hotmail.com

Thiago Luiz Rodrigues – bobboyms@yahoo.com.br

todos nós postaremos artigos, e discutiremos idéias para o projeto.

thank you!

Older Entries